Sistema de chamados – Ocomon – Debian Squeeze

# Instalação de Sistema de chamados ocomon

# Atualização do sistema

# apt-get update

# Instalação das depedências

# apt-get install mc less rcconf gcc make mysql-server-5.0 php5 phpmyadmin apache2 -y

# Download do sistema

#wget http://ufpr.dl.sourceforge.net/project/ocomonphp/ocomon_2.0-RC6.tar.gz

# Descompacta o arquivo tar.gz

# Renomeia o arquivo utilizando o comando abaixo.

# mv ocomon_2.0-RC6 ocomon

# Copie o diretório ocomon para /var/www

root@webserver:/home/install# cp -rf ocomon /var/www/

# Criar a base de dados no mysql.

# Verificar se a base de dados foi realmente criada.

# Saia do mysql.

Acesse o diretório ocomon/install/2.RC6

Abra o arquivo DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL com um editor de tua preferência e altere o nome ocomon_rc6 para o nome do banco de dados criado no mysql (ocomon) e retira as “aspas” de ocomon@localhost . Exatamente nas linhas 3,5,6 e 8.

# joe DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL

O arquivo deverá estar assim:

Saia do editor e insira os dados com o seguinte comando:

# mysql -u root -p ocomon < DB_OCOMON_2.0RC6_FULL.SQL

Será necessário informar a senha do usuário mysql.

Se tudo ocorrer bem, não será exibido nenhuma mensagem de erro.

Acesse o diretório /var/www/ocomon/includes

# cd /var/www/ocomon/includes

O arquivo padrão de configuração do ocomon é config.inc-php.dist, renomeia-o para config.inc.php e faça o backup do mesmo.

# Renomear

# mv config.inc-php.dist config.inc.php

Backup

# cp config.inc.php config.inc.php.bkp

Abra o arquivo e altera as linhas 10,13,17 e 20, conforme os dados abaixo, caso for um servidor local para teste:

Acesse o diretório classes

# cd /var/www/ocomon/includes/classes

# ls -la

Faça o backup do arquivo conecta.class.php

# cp conecta.class.php conecta.class.php.bkp

# joe conecta.class.php

Na linha 54 altere para localhost, se o teu servidor é local, o nome do usuário mysql e senha.

Na linha 55 altera para o nome da base de dados criada no mysql.

Reinicializar os serviços.

# /etc/init.d/apache2 restart

#/etc/init.d/mysql restart

Acesse via browser o ocomon através do endereço local da tua máquina ou senão do ip do servidor local.

Como utilizo uma máquina virtual acessei através do endereço ip.

# http://localhost/ocomon

# 192.168.0.103/ocomon

Para acessar basta entrar com o usuário admin e a senha admin.

Pronto! O ocomon já está pronto para ser utilizado. Basta usufruir dessa ferramenta maravilhosa. Possui suporte a SLA para serviços destinados as regras de negócio da organização.

Geovanni Metzker Viana

Fonte: http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Sistema-de-Help-Desk-Ocomon-em-Ubuntu?pagina=3

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s